Gestão Hospitalar

Atos Regulatórios

1. Autorização, Reconhecimento e Renovação de Reconhecimento

NORTE Reconhecimento Portaria n. 676 de 31/10/2016 publicada em 01/11/2016
CHÁCARA SANTO ANTÔNIO Reconhecimento Portaria n. 431 de 29/07/2014 publicada em 31/07/2014
SANTOS Renovação de Reconhecimento Portaria n. 824 de 30/12/2014 publicada em 02/01/2015

2. Conceitos do Curso

CAMPUS CURSO ANO DA AVALIAÇÃO CONCEITO PRELIMINAR DE CURSO - A PARTIR DE 2007
Santos CST - Gestão Hospitalar 2013 3

Projeto Pedagógico do Curso (PPC)

1. Objetivos do Curso

O tecnólogo em Gestão Hospitalar atua no planejamento, organização e gerenciamento dos processos de trabalho em saúde, envolvendo a área de gestão de pessoas, materiais e equipamentos. Organiza e controla compras e custos, áreas de apoio e logística hospitalar, bem como acompanha e supervisiona contratos e convênios. Pelos princípios da gestão, qualidade e viabilidade dos serviços, presta suporte aos setores-fins.

2. Atividades Principais

  • Aplicar seus conhecimentos administrativos para coordenar, chefiar ou supervisionar os diversos serviços de saúde: hospitalares, em clínicas, laboratórios e consultórios médicos;
  • Propor soluções baseadas na complexidade hospitalar, otimizando recursos humanos, materiais, patrimoniais e financeiros;
  • Trabalhar integrado com equipes multiprofissionais na área da saúde.

3. Mercado de Trabalho

  • Hospitais
  • Policlínicas
  • Clínicas e unidades de saúde
  • Casas de saúde
  • Laboratórios
  • Empresas de exames clínicos complementares
  • Farmácias
  • Empresas de seguro hospitalar
  • Setor público

4. Duração do Curso

3 anos

5. Coordenador

Valdice Neves Pólvora

6. Critérios de Promoção, do Regimento Geral da UNIP

Art. 79-A. Da Avaliação da Aprendizagem para os Cursos Superiores de Tecnologia.

I - Rendimento Escolar
A apuração do rendimento escolar é feita por disciplina, conforme as atividades curriculares, abrangendo os aspectos de frequência e aproveitamento.
Assim, o aluno somente poderá ser aprovado e/ou prestar exames com o mínimo de 75% (setenta e cinco por cento) de frequência às aulas e demais atividades programadas para a disciplina.

II - Critérios de Promoção
Os critérios de promoção, envolvendo, simultaneamente, a frequência e o aproveitamento escolar, são os seguintes:
a) se a frequência do aluno for inferior a 75% (setenta e cinco por cento), ele estará reprovado na disciplina;
b) em caso contrário, serão feitas avaliações, assim distribuídas:

  • duas Notas do Professor (NP1 e NP2) para as atividades curriculares, com peso 4 (quatro) cada uma, na composição da nota semestral de cada disciplina;
  • uma nota referente ao Projeto Integrado Multidisciplinar (PIM), com peso 2 (dois) no cálculo da Média Semestral (MS) de cada disciplina. O aluno deverá entregar, obrigatoriamente, um Projeto Integrado Multidisciplinar (PIM) por semestre e a sua avaliação poderá ser consi­derada como parte da nota de uma ou mais disciplinas.

A Média Semestral (MS) será: MS = NP1 x 4 + PIM x 2 + NP2 x 4 / 10

I - se a MS for igual ou maior que 5,0 (cinco), o aluno estará aprovado na disciplina, naquele semestre.
II - se a MS for menor que 5,0 (cinco), o aluno será reprovado.
III - quando a MS for maior ou igual a 4,75 (quatro-­vírgula-setenta e cinco) e menor que 5,0 (cinco), a MS será arredondada para 5,0 (cinco). O desempenho do aluno é avaliado numa escala de 0 (zero) a 10 (dez).

c) a nota obtida no Projeto Integrado Multidisciplinar (PIM) não incide nas disciplinas cursadas em regime de Dependência, Adaptação ou Antecipação e nas disciplinas optativas ou eletivas. Para estas disciplinas, a MS será calculada pela média aritmética simples entre NP1 e NP2.
d) o aluno reprovado em período letivo que não seja oferecido no semestre seguinte deverá matricular-se em período indicado pela Coordenação do Curso.
e) se a média final do PIM for inferior a 5,0 (cinco), o trabalho será considerado insuficiente para a validação das 100 horas de atividade, ou seja, o aluno estará reprovado na disciplina PIM. Entretanto, esta nota fará parte da média final do aluno no semestre cursado.
f) Para as Atividades Complementares (AC), Estudos Disciplinares (ED) e Estágios Curriculares (EC) de alguns cursos será atribuído um conceito semestral (Aprovado ou Reprovado).

Atenção: A reprovação em uma ou mais disciplinas não impede o aluno de continuar seus estudos nos períodos seguintes.
Os casos omissos serão analisados por uma comissão especialmente indicada pelo Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão, CONSEPE.

III - Estudos Disciplinares
Os Estudos Disciplinares (ED) são unidades de estudos de caráter obrigatório nos cursos de graduação da Universidade Paulista – UNIP, constituindo um eixo estruturante de formação inter e multidisciplinar que perpassa todos os períodos dos cursos.
A carga horária dos ED é definida no projeto pedagógico de cada curso, considerando suas especificidades.
Os ED utilizam a resolução sistemática de exercícios, indutores do desenvolvimento das competências e habilidades para sua área de formação.
Os Estudos Disciplinares são desenvolvidos com recursos educacionais combinados do ensino presencial e da educação a distância, utilizando, entre outros, a plataforma de Tecnologia de Informação e Comunicação da UNIP.
A avaliação de desempenho dos alunos nos Estudos Disciplinares resultará da combinação do seu aproveitamento nas diferentes atividades.

 

Manual de Informações Acadêmicas e Calendário Escolar

Observação: o PPC está disponível também no setor de atendimento e nas bibliotecas.

Grade Curricular - Ingressantes 2019

Disciplinas Carga Horária
Atividades Complementares 100
Bioestatística 30
Biossegurança 30
Comunicação e Expressão 30
Contabilidade Geral e de Custos 60
Dinâmica das Relações Interpessoais 30
Direitos Humanos (Optativa) 20
Educação Ambiental (Optativa) 20
Epidemiologia 30
Estrutura e Arquitetura Hospitalar 60
Estrutura e Funcionamento do Sistema de Saúde Pública e Privada  60
Estudos Disciplinares 400
Ética e Relações Humanas no Trabalho 60
Fundamentos de Administração na Área de Saúde 60
Fundamentos do Direito Comercial e do Consumidor 60
Gerenciamento de Pessoas 60
Gestão da Cadeia de Suprimentos na Área de Saúde 60
Gestão da Qualidade e Acreditação Hospitalar 60
Gestão de Marketing  60
Gestão de Plano de Saúde e Auditoria Hospitalar 60
Gestão Hospitalar Integrada 60
Gestão Hospitalar Interdisciplinar 60
Higiene, Segurança e Qualidade de Vida no Trabalho  60
Homem e Sociedade 30
Interpretação e Produção de Textos 30
Legislação Hospitalar  60
Língua Brasileira de Sinais (Optativa) 20
Matemática Aplicada 30
Matematica Financeira  30
Marketing Pessoal (Optativa) 20
Metodologia do Trabalho Acadêmico 30
Métodos de Pesquisa 30
Planejamento de Negócios da Saúde 60
Planejamento Estratégico em Saúde 60
Planejamento Financeiro e Orçamento 60
Políticas de Humanização e Atendimento Hospitalar 60
Primeiros Socorros 30
Projeto Integrado Multidisciplinar 600
Relações Étnico-Raciais e Afrodescendência (Optativa) 20
Saúde Pública  60
Serviços de Terceiros e Processos Hospitalares 60
Serviços em Enfermagem, Farmácia e Nutricão Hospitalar 60
Serviços Laboratoriais e Exames Clínicos 60
Sistemas de Informação na Área de Saúde 60
Técnicas de Informática 60

Carga Horária Total: 2.980 Horas-Aula (2.483 horas)

INSCREVA-SE

VESTIBULAR   TRADICIONAL E AGENDADO   USE SUA NOTA DO ENEM

VESTIBULAR
TRADICIONAL E AGENDADO
  USE SUA NOTA DO ENEM