Engenharia Mecânica

Curso Superior Tradicional   •   Duração: 5 anos

No curso de Engenharia Mecânica da Universidade Paulista, o ensino tem um enfoque generalista, voltado à compreensão dos conceitos e suas diferentes aplicações, preparando o futuro engenheiro em seu desenvolvimento no enfoque profissional escolhido.

Este curso é oferecido na modalidade:
PRESENCIAL.

Sobre o curso de Engenharia Mecânica

Atos Regulatórios

1. Autorização, Reconhecimento e Renovação de Reconhecimento

ANCHIETA Renovação de Reconhecimento Portaria n. 923 de 27/12/2018 publicada em 28/12/2018
ARAÇATUBA Renovação de Reconhecimento Portaria n. 923 de 27/12/2018 publicada em 28/12/2018
ARARAQUARA Renovação de Reconhecimento Portaria n. 923 de 27/12/2018 publicada em 28/12/2018
ASSIS Renovação de Reconhecimento Portaria n. 923 de 27/12/2018 publicada em 28/12/2018
BAURU Renovação de Reconhecimento Portaria n. 923 de 27/12/2018 publicada em 28/12/2018
CAMPINAS Renovação de Reconhecimento Portaria n. 923 de 27/12/2018 publicada em 28/12/2018
CHÁCARA SANTO ANTÔNIO Renovação de Reconhecimento Portaria n. 923 de 27/12/2018 publicada em 28/12/2018
GOIÂNIA Renovação de Reconhecimento Portaria n. 923 de 27/12/2018 publicada em 28/12/2018
INDIANÓPOLIS Renovação de Reconhecimento Portaria n. 923 de 27/12/2018 publicada em 28/12/2018
JUNDIAÍ Renovação de Reconhecimento Portaria n. 923 de 27/12/2018 publicada em 28/12/2018
LIMEIRA Renovação de Reconhecimento Portaria n. 923 de 27/12/2018 publicada em 28/12/2018
MANAUS Reconhecimento Portaria n. 794 de 26/07/2017 publicada em 28/07/2017
MARQUÊS Renovação de Reconhecimento Portaria n. 923 de 27/12/2018 publicada em 28/12/2018
RIBEIRÃO PRETO Renovação de Reconhecimento Portaria n. 923 de 27/12/2018 publicada em 28/12/2018
SANTANA DE PARNAÍBA Renovação de Reconhecimento Portaria n. 923 de 27/12/2018 publicada em 28/12/2018
SANTOS Renovação de Reconhecimento Portaria n. 923 de 27/12/2018 publicada em 28/12/2018
SÃO JOSÉ DO RIO PARDO Renovação de Reconhecimento Portaria n. 923 de 27/12/2018 publicada em 28/12/2018
SÃO JOSÉ DO RIO PRETO Renovação de Reconhecimento Portaria n. 923 de 27/12/2018 publicada em 28/12/2018
SÃO JOSÉ DOS CAMPOS Reconhecimento Portaria n. 772 de 29/10/2018 publicada em 30/10/2018
SOROCABA Renovação de Reconhecimento Portaria n. 923 de 27/12/2018 publicada em 28/12/2018
TATUAPÉ Renovação de Reconhecimento Portaria n. 923 de 27/12/2018 publicada em 28/12/2018

2. Conceitos do Curso

CAMPUS CURSO ANO DA AVALIAÇÃO CONCEITO PRELIMINAR DE CURSO - A PARTIR DE 2007
Alphaville Engenharia Mecânica 2017 4
Anchieta Engenharia Mecânica 2017 3
Araçatuba Engenharia Mecânica 2017 3
Araraquara Engenharia Mecânica 2017 3
Assis Engenharia Mecânica 2017 3
Bauru Engenharia Mecânica 2017 3
Campinas Engenharia Mecânica 2017 4
Chácara Santo Antônio Engenharia Mecânica 2017 3
Goiânia Engenharia Mecânica 2017 3
Indianópolis  Engenharia Mecânica 2017 3
Jundiaí Engenharia Mecânica 2017 4
Limeira Engenharia Mecânica 2017 4
Manaus Engenharia Mecânica 2017 2
Marquês Engenharia Mecânica 2017 3
Ribeirão Preto Engenharia Mecânica 2017 4
Santos  Engenharia Mecânica 2017 3
São José do Rio Pardo Engenharia Mecânica 2017 3
São José do Rio Preto Engenharia Mecânica 2017 3
São José dos Campos Engenharia Mecânica 2017 4
Sorocaba Engenharia Mecânica 2017 3
Tatuapé Engenharia Mecânica 2017 3

Projeto Pedagógico do Curso (PPC)

1. Objetivos do Curso

O curso de engenharia mecânica da UNIP objetiva formar profissionais com domínio do raciocínio lógico-dedutivo, da matemática e da física aplicadas, associando estes conceitos aos conhecimentos de engenharia mecânica em suas mais diversas áreas, como ciências térmicas e fluidos, mecânica computacional, projetos mecânicos, materiais, processos de fabricação, sistemas de planejamento energético dentre outras e, ainda, o domínio conceitual e tecnológico das interferências da mecânica nas condições sociais, econômicas e ambientais, compatibilizando-as com o desenvolvimento sustentável e, em consonância com os objetivos da Unip, oferecer aos seus alunos uma formação generalista na área tecnológica de sua especialidade, bem como humanista, crítica e reflexiva, dando condições para que o aluno tenha capacidade de desenvolver-se intelectual e profissionalmente de forma autônoma e permanente, tornando-o capaz de contribuir para o desenvolvimento da sua região e o bem-estar e qualidade de vida de seus cidadãos

2. Atividades Principais

Os engenheiros mecânicos desempenham um papel importante nas indústrias automotiva, aeroespacial, biotecnologia, informática e eletrônica, automação e manufatura. A engenharia mecânica é responsável por projetar, desenvolver, construir e testar todos os tipos de dispositivos mecânicos, ferramentas, motores e máquinas.

Os engenheiros mecânicos são capazes de projetar e fabricar tudo, desde pequenas peças, como conectores em miniatura, até grandes máquinas-ferramentas, como máquinas de perfuração utilizadas na indústria petrolífera.

A engenharia mecânica desenvolve um produto do início ao fim, considerando sua funcionabilidade, durabilidade e estética. Exemplos de produtos que os engenheiros mecânicos podem projetar e desenvolver são: transmissões; peças de motor; motores de aeronaves; sistemas de controle; dispositivos protéticos; unidades de disco; impressoras; ferramentas, máquinas ferramentas; sensores; turbinas a gás; turbinas eólicas; células de combustível; compressores; robôs; e máquinas-ferramentas, automóveis, aviões e foguetes para aindústria bélica e aeroespacial.

3. Mercado de Trabalho

Engenheiros mecânicos trabalham em todo o mundo. É uma das raras profissões em que você realmente pode trabalhar em qualquer lugar. Não só isso, você também pode fazer quase tudo. Aqui estão apenas algumas das indústrias em que você pode trabalhar como engenheiro mecânico.

Indústria Aeroespacial
Engenheiros mecânicos se preocupam com o vôo, sejam aviões, mísseis ou foguetes. Eles projetam aeronaves com maior eficiência de combustível que reduzem as emissões, constroem as frotas de satélites que impulsionam a moderna tecnologia GPS e criam a próxima geração de espaçonaves.

Indústria Automotiva
Engenheiros mecânicos conduzem a indústria automotiva. De ônibus de 200 lugares a carros de F1 de um único assento, a engenharia mecÂnica é responsável pelo projeto de carrocerias, chassis e sistemas de combustão para cada tipo de veículo em movimento. Os engenheiros mecânicos trabalham com painéis solares, células de hidrogênio e outras tecnologias para encontrar melhores maneiras de manter as pessoas em movimento.

Indústria Biomédica
Trabalhando na indústria biomédica, os engenheiros mecânicos mudam vidas. Eles criam membros artificiais melhores e mais realistas para melhorar a qualidade de vida de pessoas feridas e deficientes. Pacemakers, válvulas artificiais e até mesmo assistentes cirúrgicos robóticos são trabalho de engenheiros mecânicos, assim como as próteses utilizadas em corridas nos eventos paralímpicos.

Construção e Edificação
Grandes projetos de construção dependem de engenheiros mecânicos para se concentrar nos detalhes. Isso pode significar projetar os sistemas de aquecimento, resfriamento e ventilação para um hotel, escolher a melhor maneira de fornecer gás canalizado a todo um conjunto habitacional ou certificar-se de que um novo projeto de túnel de metrô incorpore outros serviços para aproveitar ao máximo espaço da cidade.

Manufatura
Engenheiros mecânicos fazem a fabricação acontecer. Quer se trate de bens produzidos em massa de alto volume ou de equipamentos especializados de ultra-tecnologia, eles criam as máquinas e a tecnologia que projetam e produzem os bens dos quais nossa crescente população depende. Os engenheiros de processo são especializados em melhorar a maneira como fazemos as coisas. Eles avaliam os processos mecânicos e encontram maneiras de torná-los mais eficientes, seguros e oferecer melhor qualidade. Isso significa que eles afetam diretamente quase todas as principais indústrias mecânicas do mundo.

Setor Energético
O trabalho dos engenheiros mecânicos impulsiona o mundo. Cabe a eles gerar e entregar a energia de que precisamos. Isso pode significar projetar usinas nucleares ou caldeiras de biomassa, planejar novas conexões de rede de longa distância ou armazenar energia de forma sustentável em células de armazenamento solar ou gigantescas turbinas hidroelétricas.

Ferrovias
Quase todos os aspectos da ferrovia dependem da engenharia mecânica. De trilhos, sinais e trens, a barreiras de passagem e túneis; mesmo sistemas de controle elaborados são responsabilidade dos engenheiros. Novas soluções são necessárias para lidar com o número recorde de passageiros em todo o mundo, construir milhares de quilômetros de ferrovias de alta velocidade e desenvolver métodos de propulsão mais rápidos.

4. Práticas

  • Estágio Supervisionado
  • Monitoria
  • Iniciação Científica
  • Laboratório de Física, Química, Desenho, Mecânica dos Fluidos, Eletrotécnica, Metrologia, Motores de Combustão Interna, Processos de Fabricação, Máquinas Hidráulicas e Pneumáticas e Materiais de Construção Mecânica
  • Laboratório de Informática com Softwares Específicos e Internet
  • Visitas Técnicas
  • Semana de Palestras e Atividades Específicas

5. Duração

5 anos

6. Coordenador

  • Modalidade Presencial: Mauricio Corrêa

7. Critérios de Promoção, do Regimento Geral da UNIP

Consulte o art. 79 no regimento geral da UNIP.

Observação: o PPC está disponível também no setor de atendimento e nas bibliotecas.

Grade Curricular

DISCIPLINAS CARGA HORÁRIA
Atividades Complementares 100
Atividades Práticas Supervisionadas 480
Automação e Instrumentação Industrial 30
Cálculo com Geometria Analítica 75
Cálculo de Funções de Várias Variáveis 60
Ciência dos Materiais 30
Ciências Sociais 30
Cinemática dos Sólidos 60
Complementos de Física 60
Complementos de Processos de Fabricação 30
Complementos de Quimica Aplicada 15
Computação Aplicada a Engenharia Mecânica 15
Comunicação e Expressão 30
Desenho Técnico 30
Desenvolvimento Sustentável 30
Dinâmica dos Sistemas 75
Dinâmica dos Sólidos 60
Direitos Humanos (Optativa) 20
Economia e Administração 30
Educação Ambiental (Optativa) 20
Eletricidade Básica 60
Energia Térmica 60
Engenharia Auxiliada por Computador 15
Engenharia da Qualidade 30
Engenharia e Meio Ambiente 30
Engenharia Mecânica Integrada 45
Engenharia Mecânica Interdisciplinar 30
Equações Diferenciais 60
Ergonomia 30
Estágio Supervisionado 480
Estática dos Fluídos 30
Estática nas Estruturas 90
Estatística Descritiva 30
Estatística Indutiva 30
Estruturas Hiperestáticas 45
Estudos Disciplinares 600
Ética e Legislação Profissional 30
Fabricação Mecânica 30
Fabricação Mecânica e Metrologia Aplicadas 30
Fenômenos de Transporte 60
Fundamentos de Circuitos Elétricos 30
Fundamentos de Termodinâmica 30
Homem e Sociedade 30
Interpretação e Produção de Textos 30
Língua Brasileira de Sinais (Optativa) 20
Manutenção Mecânica 30
Máquinas de Fluxo 45
Máquinas Hidráulicas e Pneumáticas 45
Materiais de Construção Mecânica Aplicada 30
Mecânica da Partícula 75
Mecânica dos Fluídos 45
Mecânica dos Fluídos Aplicada 45
Metodologia do Trabalho Academico 30
Metodos de Pesquisa 30
Noções de Direito 30
Processos de Conformação e Usinagem 60
Processos de Fabricação 30
Programação de Computadores 30
Projetos de Elementos de Máquinas 45
Projetos de Máquinas 75
Projetos Mecânicos 60
Química Aplicada 15
Quimica Básica 30
Refrigeração e Ar Condicionado 60
Relações Étnico Raciais e Afrodescendente (Optativa) 20
Resistência dos Materiais 60
Sistemas Fluidotermicos 60
Supervisão de Estágio 30
Teoria das Estruturas Mecânicas 30
Termodinâmica Aplicada 60
Termodinâmica Básica 30
Tópicos de Atuação Profissional - Engenharia Mecânica 30
Tópicos de Física Geral e Experimental 75
Tópicos de Informática 30
Tópicos de Matemática 75
Trabalho de Curso I 30
Trabalho de Curso II 30
Trabalho de Curso II - Práticas Supervisionadas 220
Transferência de Calor 30
Transmissão de Calor 30
Vibrações Mecânicas 90

Carga Horária Total: 4.900 Horas-Aula (4.083 horas)

Acesse: unip.br/regulamentos para consultar o edital, manual e regulamento do Processo Seletivo.