Doutoranda do Programa de Pós-Graduação em Administração é aprovada como consultora do Banco Mundial

Egressa do mestrado e agora aluna do doutorado do Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Administração da Universidade Paulista – UNIP, Lidia Gerônimo da Cruz foi aprovada em seleção para ser consultora do Banco Mundial.

Competindo com 15 mil inscritos para três vagas, Lidia foi a segunda colocada em processo seletivo aberto por meio de edital. A seleção exigiu conhecimentos técnicos e teóricos dentro das áreas específicas, conforme as vagas ofertadas para contratação, e cursos de pós-graduação stricto sensu e experiência no setor público e em políticas públicas foram diferenciais importantes, destacou a doutoranda.

A boa remuneração, a oportunidade de serviço remoto, a network e o ganho de experiência, são os maiores benefícios do trabalho como consultora no Banco Mundial, além de enriquecer muito o currículo. Com início em abril deste ano, a estudante trabalha de sua casa e, eventualmente, cumpre agendas presenciais no mutuário do Banco em Brasília.

Formada em Administração Pública, Lidia Gerônimo da Cruz concluiu o mestrado em Administração em 2021 e, atualmente, cursa o doutorado na mesma área na UNIP, conciliando os estudos com o trabalho no Banco Mundial. “Os estudos realizados na UNIP me ajudaram bastante no processo, pois os conhecimentos de metodologia e capacidade de análise de dados são essenciais para o desenvolvimento das tarefas no Banco Mundial, e eles veem isso através de nossos trabalhos acadêmicos”, destacou a doutoranda.

Doutoranda do Programa de Pós-Graduação em Administração é aprovada como consultora do Banco Mundial