Perguntas Frequentes para Professores da UNIP

Internacionalização Acadêmica

Parcerias Internacionais

R: Os acordos podem ser negociados, desde que observados os tramites institucionais. A saber:
Todos os processos de parceria da UNIP são tramitados pela área de Internacionalização Acadêmica junto ao corpo docente ou administrativo dos setores de graduação, pós-graduação e pesquisa. Primeiramente é realizado um acordo geral e, posteriormente, acordos específicos para cada área acadêmica de interesse.
São signatários do acordo geral os reitores e/ou diretores de internacionalização de ambas as universidades.
São signatários dos acordos específicos, anexos ao acordo geral, o vice-reitor e o coordenador geral dos programas de mestrado e doutorado, junto com os professores proponentes no Brasil e no exterior. Acordos específicos não podem ser realizados sem a existência do acordo geral (assinado pelo Reitor).
As propostas de acordo de colaboração internacional devem ser encaminhadas para a área de Internacionalização Acadêmica da UNIP para o e-mail internacionalizacaoacademica@unip.br, com cópia para riunip@unip.br.
Todo e qualquer acordo internacional da Universidade Paulista - UNIP passa a ser válido apenas após endosso da área de Internacionalização Acadêmica.

R: Após confirmar o interesse da universidade no exterior:
Encaminhar esta solicitação para a área de Internacionalização Acadêmica da UNIP que, juntamente com o professor proponente da UNIP, entrará em contato com a instituição para a formalização documental do Acordo Geral e do Acordo Específico, ou orientará o professor/pesquisador para que realize, junto com a área de internacionalização acadêmica, os trâmites de acordo com as normas da UNIP.
São signatários do acordo geral os reitores e/ou diretores de internacionalização de ambas as instituições de ensino.
São signatários dos acordos específicos, anexos ao acordo geral, o vice-reitor e o coordenador geral dos programas de mestrado e doutorado, junto com o professor proponente no Brasil e no exterior. Acordos específicos não podem ser realizados sem a existência do acordo geral (assinado pelo reitor).
Todos os processos de parceria internacional da Universidade Paulista - UNIP são tramitados pela área de Internacionalização Acadêmica junto com os professores proponentes.
Todo e qualquer acordo internacional da Universidade Paulista - UNIP passa a ser válido apenas após endosso da área de Internacionalização Acadêmica.

R: Não. Todo acordo específico depende da anuência da autoridade máxima da IES signatária do acordo geral de internacionalização acadêmica.

R: Entrar em contato com a área de Internacionalização Acadêmica da UNIP, informar o nome da universidade e os dados do pesquisador, para que seja firmado acordo geral e acordo específico com a instituição estrangeira, conforme as normas da UNIP para realização de parceria internacional.
São signatários do acordo geral os reitores e/ou diretores de internacionalização de ambas as instituições.
São signatários dos acordos específicos, anexos ao acordo geral, o vice-reitor e o coordenador geral dos programas de mestrado e doutorado, junto com o professor proponente no Brasil e no exterior.
Todos os processos de parceria internacional da Universidade Paulista - UNIP são tramitados pela área de Internacionalização Acadêmica junto com os professores proponentes.
Todo e qualquer acordo internacional da Universidade Paulista - UNIP passa a ser válido apenas após endosso da área de Internacionalização Acadêmica.

R: Entrar em contato com a área de Internacionalização Acadêmica da UNIP, informar os dados do pesquisador e linha de pesquisa, para que seja formalizado acordo específico com a instituição estrangeira, conforme as normas da UNIP para realização de parceria internacional.
São signatários dos acordos específicos, anexos ao acordo geral, o vice-reitor e o coordenador geral dos programas de mestrado e doutorado, junto com o professor proponente no Brasil e no exterior.
Todos os processos de parceria internacional da Universidade Paulista - UNIP são tramitados pela área de Internacionalização Acadêmica junto com os professores proponentes.
Todo e qualquer acordo internacional da Universidade Paulista - UNIP passa a ser válido apenas após endosso da área de Internacionalização Acadêmica.

R: Erasmus é um programa de cooperação internacional financiado pela Comissão Europeia que permite a mobilidade de estudantes do ensino superior, docentes e pesquisadores. As bolsas podem ser concedidas para graduação sanduíche, pós-graduação (mestrado completo, mestrado sanduíche, doutorado completo, doutorado sanduíche) e pós-doutorado.

Dentre as questões abordadas pelo programa, pode-se citar o apoio à inovação, à cooperação e à realização de reformas, e a promoção da mobilidade e da cooperação com países parceiros da UE (fonte: http://ec.europa.eu/programmes/erasmus-plus/about_pt).

Cada universidade tem um Coordenador Institucional do Erasmus. Na UNIP a Coordenação Institucional do Erasmus está sob a responsabilidade da Dra. Laura Ancona Lopez Freire, Diretora de Internacionalização Acadêmica.

Procedimentos

O professor/pesquisador interessado em participar do programa deverá solicitar o formulário Erasmus+ para a Coordenadora Institucional do Erasmus na UNIP ou na universidade parceira.

- O documento é assinado pelas coordenações do Erasmus em ambas as IES;
- Após assinatura do documento, a universidade no exterior enviará a candidatura para o escritório do Erasmus em Bruxelas. Importante saber que (1) somente as universidades europeias podem fazer as candidaturas; (2) o formulário é assinado apenas pelos coordenadores Institucionais Erasmus; (3) há diferentes modalidades de financiamento para a pós-graduação, graduação e administrativo, a modalidade mais solicitada prevê a troca de professores ("visiting professor") e estudantes ("student Exchange").

Importante saber que (1) somente as universidades europeias podem fazer as candidaturas; (2) o formulário é assinado apenas pelos coordenadores Institucionais Erasmus; (3) há diferentes modalidades de financiamento para a pós-graduação, graduação e administrativo, a modalidade mais solicitada prevê a troca de professores ("visiting professor") e estudantes ("student Exchange").

Informações sobre o Erasmus+ estão disponíveis no (I) site do programa http://ec.europa.eu/programmes/erasmus-plus/node_pt e no (II) Guia Erasmus: https://ec.europa.eu/programmes/erasmus-plus/sites/erasmusplus2/files/erasmus-plus-programme-guide3_pt.pdf PDF .

R: Você deverá entrar em contato com a coordenação da área de Internacionalização Acadêmica. Preencha o formulário abaixo e envie-o para o e-mail internacionalizacaoacademica@unip.br.
Formulário de Candidatura PDF

R: Você deverá entrar em contato com a coordenação da área de Internacionalização Acadêmica. Preencha o formulário de recomendação do candidato abaixo e envie-o para o e-mail riunip@unip.br. Para que o aluno seja aprovado é necessário ainda que passe por entrevista pessoal e orientações junto à área de Internacionalização Acadêmica.
Nenhum documento de indicação poderá ser emitido sem o endosso da área de Internacionalização Acadêmica da UNIP.
Formulário de Candidatura DOC

Para a indicação de um aluno para programa de mobilidade internacional, é preciso a concordância do coordenador do programa de pós-graduação stricto-sensu e da coordenadora geral dos programas de pós-graduação stricto-sensu. Para que o aluno seja aprovado é necessário ainda que passe por entrevista pessoal e orientações junto à área de Internacionalização Acadêmica.
Nenhum documento de indicação poderá ser emitido sem o endosso da área de Internacionalização Acadêmica da UNIP.
Formulário de Recomendação do Candidato - Pós-graduação stricto-sensu DOC

 

Processos no Exterior

R: A carta de recomendação deve ser solicitada pelo aluno ou ex-aluno ao coordenador auxiliar do seu curso. O coordenador poderá deferir ou indeferir a solicitação. Caso o coordenador auxiliar concorde em emitir a carta de recomendação, deverá encaminhar o documento diretamente por malote para a área de Internacionalização Acadêmica da UNIP para endosso do setor. Não será aceita carta de recomendação entregue pelo solicitante (aluno ou egresso) diretamente à área de Internacionalização Acadêmica da UNIP. Nenhuma carta de recomendação ou formulário pode ser encaminhado ou entregue pelo coordenador ao aluno sem o parecer anterior da área de Internacionalização Acadêmica da UNIP.