Processos no Exterior

Internacionalização Acadêmica

Processos no Exterior

R: Não. O aluno deve encaminhar os documentos para um tradutor (formado nesta habilitação).

R: O Setor de Internacionalização Acadêmica da UNIP não fornece histórico escolar, plano de ensino ou diploma. Você deve fazer a solicitação diretamente na Secretaria do campus onde estudou, ou enviar um representante de sua confiança com uma procuração registrada em cartório para realizar a solicitação dos documentos em seu nome na Secretaria do campus onde estudou.).

R: O Setor de Internacionalização Acadêmica da UNIP não fornece histórico escolar, plano de ensino ou diploma. Você deve enviar um representante de sua confiança com uma procuração para realizar a solicitação dos documentos em seu nome na Secretaria do campus onde estudou.

R: Encaminhe uma procuração por correio para a pessoa de sua confiança no Brasil.

R: Você precisa realizar o procedimento indicado no item 2 e, depois, solicitar formalmente a entrega dos documentos para área de Internacionalização Acadêmica da UNIP, que endossa a documentação antes do envio para a universidade de destino do candidato no exterior. É necessário ainda arcar com os custos do envio da documentação ao exterior.

R: Verificar o item 1.

R: Você precisa realizar o procedimento indicado no item 2 e entregar o "Formulário de Pedido de Histórico Escolar" em português, junto com a via original na língua do país requerente, para a área de Internacionalização Acadêmica da UNIP. Lembre-se que antes de entregar o documento para a área de Internacionalização Acadêmica da UNIP você deve preencher e assinar o item "Para Requerentes" (constante no formulário acima citado).
Caso o solicitante não apresente o formulário traduzido para o português, juntamente com o formulário original do órgão de avaliação de credencial acadêmico, não será dado andamento ao processo.

R: Você deve providenciar a tradução do documento para o português antes de fazer qualquer solicitação na UNIP. Caso o solicitante não apresente o documento / formulário traduzido para o português, juntamente com o documento / formulário original do órgão de avaliação de credencial acadêmico, não será dado andamento ao processo.

R: Você precisa realizar o procedimento indicado no item 2 e entregar o formulário/documento do órgão de avaliação de credencial acadêmico, juntamente com a via do formulário/documento traduzida para o português e juramentada (no mesmo formato), para a área de Internacionalização Acadêmica da UNIP. A área de Internacionalização Acadêmica da UNIP tomará as providências necessárias para a conclusão do procedimento. É necessário ainda arcar com os custos do envio da documentação ao exterior.
Caso o solicitante não apresente o formulário/documento traduzido para o português, juntamente com o formulário/documento original do órgão de avaliação de credencial acadêmico, não será dado andamento ao processo.
O prazo para realização deste processo é de 03 a 04 meses, a partir do recebimento de toda a documentação e desde que esteja de acordo com os pré-requisitos acima.

R: Você precisa realizar o procedimento indicado no item 2 e entregar o formulário da Disney para a área de Internacionalização Acadêmica da UNIP. Lembre-se que antes de solicitar o envio do documento à área de Internacionalização Acadêmica da UNIP você deve preencher e assinar o item "Section I - Student Information" (somente esta seção). A área de Internacionalização Acadêmica da UNIP tomará as providências necessárias para a conclusão do procedimento.

R: Você precisa realizar o procedimento indicado no item 2 e, depois, entregar o formulário de confirmação de autenticidade de histórico escolar/diploma do Consulado da Itália para a área de Internacionalização Acadêmica da UNIP, juntamente com a cópia do diploma. A área de Internacionalização Acadêmica da UNIP tomará as providências necessárias para a conclusão do procedimento.

R: Não.

R: A validação de diploma deve ser verificada junto ao Ministério da Educação do país de destino, ou órgão equivalente, pois cada país possui suas regras e normas.

R: A revalidação de diplomas inicia-se com a legalização dos documentos relativos ao cu rso no Ministério de Relações Exteriores e na embaixada ou no consulado brasileiro do país onde foi titulado o curso. O aluno deve solicitar esta validação ao final do curso.
A segunda providência é verificar quais documentos precisam de tradução juramentada. Isso deve ser feito junto à instituição pública de ensino superior brasileira escolhida pelo interessado para a revalidação do diploma.
O interessado deve entrar com requerimento de validação na universidade pública selecionada que possua curso similar ou igual. Consulte o site do Ministério da Educação (http://portal.mec.gov.br/revalidacao-de-diplomas/apresentacao ) e o Portal Carolina Bori (http://carolinabori.mec.gov.br/?pagina=inicial ) para informações e procedimentos para revalidação/reconhecimento de diplomas estrangeiros.
Para verificar que instituição de ensino tem cursos semelhantes ou afins na sua área, sugere-se a consulta à lista de instituições na página web da Secretaria de Educação Superior do Ministério da Educação: http://portal.mec.gov.br/sesu.
A UNIP não indica instituições para validação de títulos no Brasil ou no exterior.
TODA SOLICITAÇÃO DE DOCUMENTO DEVE SER REALIZADA PELO ALUNO OU EGRESSO NA SECRETARIA E ENCAMINHADA PARA A ÁREA DE INTERNACIONALIZAÇÃO ACADÊMICA.

R: O interessado deverá buscar um cartório habilitado no país de origem do documento para solicitar a apostila. Os Cartórios habilitados no Brasil para documentos que serão apresentados no exterior podem ser consultados na página: http://www.cnj.jus.br/poder-judiciario/relacoes-internacionais/convencao-da-apostila-da-haia/cartorios-autorizados.
Esse procedimento não exime o candidato de entregar os documentos traduzidos por um por tradutor público juramentado.
A relação de países signatários consta no link: http://www.cnj.jus.br/poder-judiciario/relacoes-internacionais/convencao-da-apostila-da-haia/paises-signatarios.
Nos casos dos países que não aderiram à Convenção da Haia, continua sendo obrigatório o visto do Consulado/Embaixada Brasileira no país de origem do documento.

R: O pedido deve ser feito diretamente pelo solicitante ao MEC, conforme procedimento descrito no link: http://portal.mec.gov.br/secretaria-de-regulacao-e-supervisao-da-educacao-superior-seres/perguntas-frequentes#14

R: A Classificação Internacional Normalizada da Educação - Cine (International Standard Classification of Education - Isced) é um quadro de referência para reunir, compilar e analisar estatísticas educacionais comparáveis no âmbito internacional. Foi desenvolvida pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco). Consulte a classificação e demais informações no link http://portal.inep.gov.br/informacao-da-publicacao/-/asset_publisher/6JYIsGMAMkW1/document/id/1336761.

R: A carta de recomendação deve ser solicitada pelo ex-aluno ao coordenador auxiliar do seu curso, que poderá deferir ou indeferir a solicitação. Caso o coordenador auxiliar concorde em emitir a carta de recomendação, o coordenador deverá encaminhar o documento diretamente por malote para a área de Internacionalização Acadêmica da UNIP para parecer/endosso final. Não será aceita carta de recomendação entregue pelo solicitante diretamente à área de Internacionalização Acadêmica da UNIP.
Nenhuma carta de recomendação ou formulário pode ser encaminhado ou entregue ao ex-aluno sem o parecer anterior da área de Internacionalização Acadêmica da UNIP.

R: A empresa ou órgão de verificação de credencial acadêmico deverá encaminhar a solicitação para a área de Internacionalização Acadêmica da UNIP: internacionalizacaoacademica@unip.br.
Para que seja dado andamento ao processo de confirmação de dados, o aluno ou ex-aluno deve comparecer pessoalmente, ou enviar um representante de sua confiança com uma procuração privada registrada em cartório, para realizar a solicitação de Autorização de Divulgação Internacional de Dados Pessoais e Acadêmicos para a Universidade Paulista - UNIP, na área de Internacionalização Acadêmica (Campus Paraíso, Rua Vergueiro, 1211, andar 11º , sala 1101, - Paraíso - São Paulo - SP).

R: Você deve providenciar a tradução do documento para o português antes de fazer qualquer solicitação na UNIP. Após providenciar a tradução do documento, deverá encaminhar o ofício original, juntamente com a via traduzida para o português, para a área de Internacionalização Acadêmica da UNIP: riunip@unip.br. Caso o solicitante não apresente o documento traduzido para o português, juntamente com o documento original do órgão de avaliação de credencial acadêmico, não será dado andamento ao processo.

Nota local Descrição da Nota Local Classificação ECTS
10 Excelente A
9 Muito Bom B
8 Bom C
6 e 7 Satisfatório D
5 Suficiente E
0 a 4 Reprovado FX/F

 

Parceria Internacional com a Universidade Paulista - UNIP

R: Todos os processos de parceria da UNIP são tramitados pela área de Internacionalização Acadêmica. Primeiro é realizado um acordo geral e, posteriormente, acordos específicos para cada área acadêmica de interesse. As propostas de acordo de colaboração internacional devem ser encaminhadas para a área de Internacionalização Acadêmica da UNIP pelo e-mail internacionalizacaoacademica1@unip.br com cópia para internacionalizacaoacademica@unip.br.

R: A solicitação deve seguir para a área de Internacionalização Acadêmica da UNIP (internacionalizacaoacademica1@unip.br com cópia para internacionalizacaoacademica@unip.br). O solicitante deve informar o nome da instituição, o contato dos alunos/professores/pesquisadores e fornecer a sinopse do projeto a ser proposto.
A área de Internacionalização Acadêmica é responsável por tramitar os acordos internacionais entre a UNIP e universidades no exterior.